sexta-feira, fevereiro 02, 2007

O tempo, onde é que está o tempo?

A semana tem sido péssima. A juntar à malfadada constipação e ao facto de estar sozinho na labuta diária (o que diga-se de passagem, não é muito diferente do normal, só que agora dou mais vacinas e tenho menos tempo para as consultas), a falta de tempo para o resto, nomeadamente para me alimentar.
Entre tentar fazer de médico veterinário, tenho andado também a fazer de estafeta, médico ao domicílio, taxista, etc, etc, etc...
Hoje dei comigo a ter a mais maravilhosa hora de almoço de que há memória. Uma simples viagem Alverca-Vialonga que dura cerca de 6 minutos foi o suficiente para o meu almoço, isto porque na impossibilidade horária de ter tempo para me sentar calmamente à frente de uma refeição, eu almocei Siken form, com sabor a frutos silvestres.
Na linhagem das rações de combate, estas barras de substituição alimentar são o contrário de toda a lógica de refeição ponderada ou agradável. Em pouco mais de 50 gramas encontrei a saciedade, o enfartamento e a aerofagia, por esta mesma ordem e em coisa de segundos após a ingestão disto com litro e meio de água que tive que beber de seguida. Em pouco menos de 6 minutos parecia que tinha comido cinco pratos de cozido à portuguesa e ainda tinha conseguido comer três babas de camelo.
Para quê perder tempo com refeições convencionais? Não digo que possa ter ficado fã, mas pelo sim, pelo não, vou começar a andar com uma coisa destas sempre comigo. Ou isso ou esticar o tempo para poder fazer tudo de forma "normal".

1 Comments:

Anonymous Catia said...

Já experimentei e concordo absolutamente contigo! Além do mais são bem saborosas... só não entendo porque é que sendo dietéticas elas são cobertas com uma camada de chocolate branco... ;)

6:22 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home