segunda-feira, janeiro 15, 2007

Quem é que encontra um filme que se veja?

Depois da semana do desgaste, do trabalho, da dentada, chega-se ao domingo com a vontade de que dure para sempre, ou pelo menos, mais do que 24 míseras voltas ao relógio... Mas não, está a acabar e amanhã lá vamos nós para mais uma semana igual a tantas outras.
Entretanto e tentando correspoder às duas solicitações para que fui convidado, desloquei-me sexta-feira ao UCI para ver o último do Clint, "Flags of our fathers", ou em tradução, "Estas duas horas e meia passam, mesmo, muito devagarinho".
Arrasto-me até ao emprego depois de 5 horas de sono cheio de pressa e mal dou por mim estou num bar marroquino com uns palitos nos olhos para não se fecharem. O dia passa e eu quase que não dei por ele passar.
Chega-se a domingo e esqueço-me que há almoço combinado com a trupe do outro blog, apresso-me e consigo chegar meia hora depois do combinado, ainda a tempo de ver pessoas a comerem relva em cima de Pizzas e jogadores dos lagartos que parecem empregados estrangeiros de cadeias de fast-food. Seguem-se as tradicionais setas, os revivalismos musicais, o jantar e outro filme.
Depois de me terem impingido a maior tanga cinéfila com o Despertar da mente, dou uma segunda oportunidade com "Garden State".
Acho piada a quem faz as traduções dos títulos para Português e também eu não conseguiria dar um título aportuguesado a este filme. A história não é brilhante ou comovente ou, mesmo, engraçada. Os actores não são excelentes, nem péssimos, nem bons ou maus. O filme não é magnífico, nem será um desastre. Deve ser a isto que se chamam filmes NIM, nem sim senhor é de ver, nem não, por favor não vejas isto...
A moça da Rúcula não ficou queimada, mas há que tentar outra vez, porque este não convenceu.

Felizmente do andar de cima do UCI arrebanhei dois DVD's de culto, que mostram que o humor dos Gato fedorento não é assim tão novo e refrescante. É bom, mas não é muito original. Se calhar o do Jonh Cleese e do Graham Chapman também não era, mas tem muita pinta e ainda é a preto e branco! São DVD's de duas série, "At last the 1948 show" e "Do not adjust yout set" de onde vieram os Monthy Python e valem todo o dinheiro que se deu por elas.

4 Comments:

Blogger Fuzhong! said...

O Garden State é excelente!!

11:10 da manhã  
Anonymous Cristinablue said...

O Garden State é ABSOLUTAMENTE L-I-N-D-O (e fartei-me de chorar)!
Beijinhos, abraços e miaus do Syd :):)

12:30 da tarde  
Blogger Vetoon said...

Mas está tudo parvo??!?? Se uma pedra da calçada cair no chão e se partir ao meio também vos sensibiliza? Irra, ainda bem que não gostamos todos do amarelo!

1:27 da tarde  
Blogger Fuzhong! said...

E se o teu coração de pedra caísse ao chão e te acertasse no dedo pequenino do pé? Aí ficavas sensibilizado? :P

10:31 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home