terça-feira, novembro 28, 2006

É a cultura, estúpido! (2º acto)

Devo ser muito idiota, mas será só impressão minha ou a obra de Mário Cesariny não era assim tão grande que merecesse o amplo destaque...
Dizem os jornais que morreu o artista completo, digo eu que não compraria nada dele. A velha lenga-lenga dos gostos não se discutem, esbarra na constatação da qualidade. É impossível alguém, no seu perfeito juízo, achar que o benfica é o melhor clube do mundo, ou dizer que Sócrates é o melhor primeiro ministro desde a ditadura. Ultrapassam estas afirmações a questão dos gostos e precipitam-se na realidade.
Da mesma forma, passo os olhos pela obra escrita e desenhada de Mário Cesariny e não percebo onde está o grande artista...
Num país onde falham as figuras de referência, onde a identificação nacional passa por Amália, Eusébio e Figo, onde não há muitos motivos materializáveis para que o orgulho venha à tona, onde noticias de futebol abrem telejornais, parece que se dá em demasia atenção a quem não a vale.
Os grandes vultos das artes do país têm que procurar fora o que cá não encontram, os que cá estão (e são bons) não são divulgados e os únicos que aparecem nos jornais e na TV é a malta que não se percebe se por demência ou por descaramento consegue ter protagonismo.
Tive quase a mesma sensação com o Cesariny que tive com o João César Monteiro, que no auge do descaramento ainda levou alguns pseudo-intelectualoides a ver cinema a preto e preto. Há crianças com dificuldades motoras que fazem desenhos bem parecidos com alguns que vi do senhor Mário Cesariny. Parece que há um certo gosto em sermos gozados por esta franja de "artistas".
Eu gostava de encontrar nos mais diversos campos das artes, mais portugueses realmente importantes e com obra genial, daqueles que ninguém consegue dizer que não são bons. Existem alguns, poucos. Tal como no passado não existiram muitos, hoje, o panorama de malta a fazer arte de qualidade também não anima ninguém. Será que o problema é de sermos apenas 10 milhões??? Das duas, uma: ou tenho que procurar mais ou sou uma grande besta!
Ainda dizem que gostos não se discutem...

3 Comments:

Blogger sanches said...

Sinceramente prefiro os teus cartoons aos "desenhos" do Mário Cesariny... será q um dia tb vais aparecer na TV ;)

8:35 da manhã  
Blogger sanches said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

8:35 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Amadeu de Souza Cardoso, Diálogos de Vanguarda na Gulbenkian. Lado lado com Picasso, Modigliani e outros.

9:03 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home