segunda-feira, junho 12, 2006

Afinal não foi o último post sobre futebol

Tenho um apreço enorme por quem não tem o futebol como desporto de eleição.
Se o futebol não me tivesse ocupado grande parte do tempo da minha juventude, talvez eu não tivesse entrado para veterinária...(tenho dias em que não sei se isto foi bom ou mau) e nesta altura estaria a ganhar litros de dinheiro a explorar a reforma de alguns velhinhos como médico a trabalhar em regime particular.
Assim, e como o futebol se entranhou, admiro bastante aqueles que não sabem bem quantos jogadores tem uma equipa de futebol, o que significa que tiveram bastante tempo para decidirem o seu futuro na adolescência sendo hoje o que desejavam há 10 anos atrás.
(Recordo os mais desatentos que fui para veterinária porque era chato não preencher as 6 vagas que tinha para escrever os cursos e que por ordem numérica, o quarto espaço ficou destinado à veterinária...fui o último a entrar no meu ano!)
Digo isto tudo para escrever sobre a minha namorada.
Quem é capaz de saber o nome de 4 jogadores da selecção, reparar que ao intervalo mudam de campo e que o Ricardo defendeu e marcou o penalti do jogo com a Inglaterra no Euro 2004 alguns dias depois de tal feito ter acontecido só merece a minha admiração.
Acho sinceramente que o futebol ocupa demasiado espaço dentro da minha memória a médio-longo prazo e que, se tal não fosse, hoje seria uma pessoa bem mais interessante e interessada em outras trivialidades. Mas acho que é impossível formatar-me de novo por isso acho que vou continuar a admirar pessoas como a minha namorada que acordam aos 4 minutos de jogo quando o Pauleta marcou contra Angola.

1 Comments:

Blogger sanches said...

mas mesmo a tua namorada está diferente e mais interessada pelo futebol...até já leva um cachecol para ver o jogo (apesar de ser publidade dos genéricos)

4:28 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home