sexta-feira, agosto 27, 2010

Felicidade

O que é a felicidade? Como se mede?
Hoje estou feliz. Podia estar mais...
No fundo ando feliz por estes dias.
Trabalho muito, faço o que gosto. Faço-o para mim, como quero e com quem quero sem me stressar com incompetências, mas gestões, poucas dedicações ou afins.
Perdi definitivamente a ligação que tinha com o passado. Desde há 2 meses que não olho muito para trás e sinto-me muito bem com isso.
Estou a pouco mais de 2 semanas, ou menos, de saber o que é ter descendência. Sinto tudo ao mesmo tempo. Medo, coragem, pânico, força e vontade, muita de ver o que vem por aí.
A mãe portou-se da melhor forma possível. Gravidez não é doença, mas não é fácil. A azia, as comichões, a bexiga que fica do tamanho de uma ervilha e que tem que se despejar de 2 em 2 horas, o não dormir, o não sair, o não comer sushi, o não comer marisco, o não apanhar sol, o não se virar de barriga para baixo, o inchar dos pés...
O míudo diz que é pequenino ao contrário da reviravolta que vai dar na vida dos pais.
Este 2010 é cheio de coisas boas até agora.
Estou ansioso por ficar um bocadinho mais feliz quando olhar para o meu puto.
Tá quase...

2 Comments:

Blogger Andre said...

"Força que a família Costa tá cá pra apoiar"

5:40 da tarde  
Anonymous vanvan said...

E eu não sabia o que era ir trabalhar FELIZ todos os dias... ir fazer o que gosto, com quem gosto e como gosto!

E como estou FELIZ por fazer parte da tua felicidade... para ti tenho uma simples palavra OBRIGADA!

Estou e estarei aqui sempre, todos os dias...

E que o vosso bebé venha lindo e cheio de saúde, para completar a vossa FELICIDADE!

Os amigos estarão aqui para partilhar essa ALEGRIA!

Mais uma vez, OBRIGADA AMIGO!

8:19 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home