segunda-feira, agosto 28, 2006

Aqui vai

Fui de férias 8 dias, coisa nunca vista neste milénio, e descansei, mas mesmo assim conseguiram-me tirar do sério. No primeiro dia de férias consegui estar cerca de 50 minutos para tomar o pequeno almoço. O café estava à pinha e as pessoazinhas gladeavam por um lugar para enfardar como se disso dependesse a vidinha de todos. Quando chegou à minha vez de sentar o cagueiro eu, que já estava ligeiramente stressado ia para me sentar e há uma chica esperta que se senta à minha frente na mesa que seria para mim. Diferença substancial eu tinha o pequeno almoço nas mãos ela iria tê-lo se o marido que estava na fila conseguisse pesi-lo antes do meio-dia e meio. Em suma, estava a guardar mesa... Não suporto com os guarda mesistas quando estou carregado de pratos e copos e não tenho onde me sentar. Não dirigi palavra e sentei-me na mesa, cerca de 0,06 segundos da chica se sentar. Dirigiu-se a mim e disse: O meu marido está na fila, estou a guardar mesa". Ao que respondi: "tenho o pequeno almoço à minha frente, estou sentado e cou comer, com licença". Fui educado, ela levantou-se e nunca mais a vi. Estava cego de fome e raiva.
Cena semelhante ocorreu dias depois, nesta última não fui tão educado...
Hoje já de volta à civilização, ou mais ou menos, fui mandatado para tentar encontrar substituta para a minha cozinha. Não presta, estragou-se, arranja-se outra. Haja dinheiro que isso faz-se. Deveria ser assim com as mulheres, mas não sou. Tento sempre consertá-las, o que às vezes dá chatice. Chego à porta de um showroom e estava fechado, tendo o seguinte horário de funcionamento: SEG a SAB - 10 às 19, DOM e FER - 10 às 14. Encerra à SEG.
Telefonei para o número de telemóvel que estava na mesma folha e disse que estava ali à porta e se não havia ninguém para me atender. Do outro lado do telefone, atende um chico esperto que pergunta-me se li o horário de funcionamento. Responde afirmativamente e ele tenta de novo dizendo que está encerrado à segunda. Pergunto-lhe: "Então não seria melhor ter um horário de terça a sábado, digo eu?". O chico responde "pois, diz você...". E a conversa acabou em silêncio. Disse que não sabia que falavam assim com os clientes e o c***** desligou-me o telefone nas trombas.
Assim dá gosto ser atendido por brasileiros e viver no meio dos pretos!

5 Comments:

Blogger Elisabete said...

Há cada coisa...vivo em Vialonga, tenho uma cadela que é tratada como uma princesa, e nas férias vou até Madrid. LOL
Admiro os veterinários, acho que o papel deles é muito importante numa sociedade que infelizmente não respeita os animais. Espero que esse negativismo passe,pois o Mundo não é perfeito, mas se cada um de nós fizer um bocadinho, já fará a diferença. Até um dia destes

5:01 da tarde  
Blogger Vetoon said...

??

6:55 da tarde  
Blogger Elisabete said...

Alguma dúvida em relação ao meu comentário?

9:33 da manhã  
Blogger Vetoon said...

O comentário foi acerca do post? ou sobre o blog?
Se foi acerca do blog é preciso conhecer melhor o autor porque nem tudo é o que aparenta ser...

12:23 da tarde  
Blogger Elisabete said...

O meu comentário insere-se no contexto entre outros dos post "outro nível e "férias".
Nem tudo é o que parece, é certo, e todos, uns mais do que outros,temos momentos pouco sociáveis.

5:16 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home